102 News
Ao Vivo

dezembro 2, 2019

Saiba por que Silvio Santos vetou cobertura da morte de Gugu

Antiga emissora de Gugu Liberato, o SBT foi criticado por jornalistas de TV e internautas pela cobertura discreta do velório e enterro do apresentador. Dudu Camargo chegou a revelar que o canal tinha jornalistas e helicópteros mobilizados, mas Silvio Santos impediu a cobertura e baixou uma ordem de “não exploração da morte”. Respeito, mágoa, arrependimento […]

Antiga emissora de Gugu Liberato, o SBT foi criticado por jornalistas de TV e internautas pela cobertura discreta do velório e enterro do apresentador. Dudu Camargo chegou a revelar que o canal tinha jornalistas e helicópteros mobilizados, mas Silvio Santos impediu a cobertura e baixou uma ordem de “não exploração da morte”. Respeito, mágoa, arrependimento e sensibilidade à morte são alguns dos fatores que motivaram o veto.

Silvio reprovou a extensa cobertura das mortes de Hebe Camargo, em 2012, e a de Roberto Bolaños, intérprete de Chaves, em 2014. E, por isso, acionou o veto para impedir que se repetisse na morte de Gugu.

“Ele falou que aqui não se explora a morte”, revelou uma fonte ao site “Notícias da TV”. “Silvio Santos ficou muito tocado com o fim inesperado de Gugu, de quem era mais próximo [do que Hebe e Bolaños]”, acrescentou.

Gugu recebeu uma homenagem no “Domingo Legal”, comandado por Celso Portiolli, e uma cobertura pequena nos telejornais da emissora. Nas redes sociais, Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, rebateu as críticas à cobertura da morte de Gugu Liberato.

“O Domingo Legal foi todo em homenagem ao Gugu. Nosso jornalismo, nossos breaks, compramos página no jornal para homenagear. Uma pena estarem nos avaliando dessa forma. Gugu sempre foi muito amado por todos nós da família. Ele fez parte da nossa história e enquanto esteve conosco era o braço direito do meu pai.”

Fonte: Famosidade.com.br